quinta-feira, 29 de julho de 2010

Tudo na vida passa,menos a DOR de chamar de AMIGO alguém que gostariamos de chamar de AMOR.


 
Tudo na vida passa,menos a DOR de chamar de AMIGO alguém que gostariamos de chamar de AMOR.

Fódonas

 

 

eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.

Carlos Drummond de Andrade

 

Eu tinha medo de sentir saudade de você e de algum dia conseguir entender porquê.

Não deixe nada pra semana que vem, porque semana que vem pode nem chegar.

 

 

 

 

 

 

Mais do mesmo... by Sérgio.



Alma livre.... essa é uma das principais características dessa pessoa
especial que adoro tanto! Sorrir (até mesmo com os olhos) e alegrar aos
que o rodeiam é algo tão natural que parece que tudo fica mais fácil. A
determinação e a garra são virtudes tão fortes que todos são
contagiados. Ele consegue ser um gigante alegre que provoca sorrisos até
mesmo com o desajeito que derruba tudo a sua volta!rsrsrsrs. Vc é muio
especial para mim (....) . O que quero é ver vc cada dia mais feliz e que
consiga realizar todos os seus sonhos.Taps


(Pode ser estranho más, essa postagem é com todo respeito ao Sérgio, esse cara que disse absolutamente tudo o que eu não conseguia descrever desde então... Palavras sábias, referente ao "Macaquinho Branco" Belo depoimento!)

domingo, 25 de julho de 2010

Prefiro ser "OLD"

Young Man, Old Man

The Dissociatives

Composição: Daniel Johns/Paul Mac
i’ve got a clearspot, a devilish psalm
but nobody’s home to fix the alarm no
disgruntled woman, enchanted stains
we’re tempted by god but nothing remains
hey boys we speak better than young men
but will be better than an old man, honey, you’ll see
hey boys we speak better than young men
but will be better than an old man, honey, you’ll see
my faith is hungry like whale frozen toes,
steal cap fingers and nobody knows
it’s raining concrete a tunnel wind blows
stones on my column the path that i chose
na na na na…… (kids sing: you ain’t better than the rest)

sábado, 24 de julho de 2010

O que eu vi foi...



...uma linda menina usando um vestido que no último natal a dei de presente...
que sorria o tempo todo pra mim...
eu olhava o tempo todo pra ela...
linda como sempre foi...
e mais bela ainda será...

um pai calado...
e parecia satisfeito ao me ver...
me observava e me ouvia atencioso...
como nunca foi...
só que desta vez tinha alguma coisa triste nele...

uma mãe super carinhosa comigo que chorava...
chorou ao me ver...
chorou ao me contar coisas...
chorou ao conversar-mos...
chorou ao me despedir...

Prometi voltar...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Realizando Sonhos



Definimos sonho como um desejo a ser conquistado, objetivos a serem alcançados em face a lutas, esforços e especialmente uma fé capaz de mover e vencer obstáculos e desafios.
Camus também a define dizendo: ”E no meio do inverno eu descobri que dentro de mim havia um verão invencível…” Foi exatamente isso que Bartimeu percebeu e sentiu. Buscou a realização do seu sonho mesmo diante dos grandes desafios.

Eu...



espero por você...
o tempo que for...
nós vamos estar juntos...
mais uma vez!

Não quero que alguém...



...morra de amor por mim. Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto a mim, abraçando-me. Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade. Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto gostem de mim, nem que eu faça a falta que elas me fazem. O importante, para mim, é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível, e que esse momento será inesquecível. Só quero que meu sentimento seja valorizado. Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre, e que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor. Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto. Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo o que tenho.

Não vou viver como alguém,



que só espera um novo amor. há outras coisas no caminho onde eu vou, as vezes ando só, trocando passos com a solidão. momentos que são meus e que não abro mão, já sei olhar o rio por onde a vida passa sem me precipitar e nem perder a hora. escuto no silêncio que há em mim e basta, outro tempo começou pra mim agora. é, mas tenho ainda muita coisa pra arrumar, promessas que me fiz e que ainda não cumpri, palavras me aguardam o tempo exato pra falar, coisas minhas, talvez você nem queira ouvir.
Loading...